Artigos Destacados
Métricas de Mídias Sociais
Últimos Destaques
1

Anotações no Youtube – 3 dicas de como usar

Continuo me perguntando por que os profissionais brasileiros não levam o Youtube mais a sério (veja post Você deveria prestar mais atenção no Youtube). Por isso, fiz um vídeo objetivo com 3 dicas de como usar as anotações no Youtube e esse transformar o canal em uma fonte de resultados.

 


Resumindo para quem está no computador do trabalho e não roda vídeos do Youtube.

Anotações no Youtube

Anotações no Youtube

Dica 1: Fazer links para outros vídeos apontando o usuário para o minuto que ele deve assistir e não jogá-lo para outro vídeo sem se preocupar se ele vai assistir ou não.

Por que isso é importante? Para rankeamento dos vídeos na busca do Youtube, o seu vídeo precisa contribuir para o tempo de permanência do usuário dentro da plataforma. Portanto, quanto mais tempo ele ficar assistindo os seus vídeos (e os que você recomenda), melhor será o seu rankeamento.

Dica 2: História contínua entre vídeos é uma ótima forma de se aumentar as visualizações dos seus vídeos e o tempo que cada pessoa passa assistindo.

Por quê? Colocar as pessoas como parte atores da sua história é gerar interatividade e isso é altamente engajante. Existem vários exemplos interessantes, mas como Zombies estão na moda…
,

Dica 3: Anotações com link para o site. Essa é a parte mais interessante e a que mais me deixa perplexo por não ter cases brasileiros dessa ferramenta.

Os famosos vídeos informeciais ou o seu videolog podem fazer uma integração do webmaster tools que administra o site e a sua conta de Youtube e fazer vídeos, vídeo catálogos, demonstração de produto… Tudo com calltoaction no vídeo, levando o cliente direto para o carrinho de compras ou detalhe de produto (e BUM! Ta ai o seu ROI).

Não preciso justificar esse ponto, né?! Você tem uma das melhores ferramentas digitais para convencimento (vídeos com demonstração, sons, chamadas…) a favor do seu ROI. É uma das primeiras mídias sociais que é forte nas buscas (veja SEO para Youtube) e que te dar toda a estrutura para conversão.

 

Você tem algum case que usa as anotações de forma criativa e que parece que está dando certo ou está usando o Youtube de uma maneira interessante para sua empresa. Deixe um comentário.

 

E se você quer mais dicas de Youtube, inscreva-se em nosso canal.

2

Você deveria prestar mais atenção no Youtube

Sem bla bla bla, vamos aos motivos para você parar de falar do Twitter / pagar menos pau para Facebok e prestar mais atenção no Youtube.

Além dos fatores:
- O segundo mecanismo de busca mais usado da internet (mais de 3bi de buscas por mês, mais do que a soma do Bing, Yahoo, Ask e AOL combinados);
- A segunda rede social que os brasileiros passam mais tempo (18% de participação do share de visitas); Mais de 58 milhões de espectadores de vídeos por mês no Brasil…

participação visitas nas redes sociais, Youtube segunda rede.

participação visitas nas redes sociais, Youtube segunda rede.

Eu não gosto muito dessas frases feitas: 2013 será o ano do Youtube, este é o ano do mobile e outras que as pessoas falaram todo início e final de ano, MAS temos que entender que essas duas tendências não pode ser ignoradas apenas porque você não soube tirar ROI delas.

O Youtube vem se atualizado com uma grande frequência (ver posts Novo layout, analytics e outras novidades e Novo Layout Canal Youtube - o layout já foi redesenhado novamente) e isso só demonstra a força que o Google esta investindo para tornar esse gigante como o destino certo para as pessoas que procuram conteúdos originais, de qualidade e com aquele gostinho de coisa feita na internet, para a internet

Resumo dos features interessantes lançados (nem tão) recentemente ou simples vantagens dessa rede:
- Possibilidade de linkar – em anotações direto no vídeo – para o site. Abre a possibilidade de catálogos em vídeo ou até toda uma loja no Youtube
- O próprio One Channel – o novo layout de canal no Youtube – que otimiza o acesso para ganhar mais inscrições e organiza a home dando liberadade para você trabalhar o que será visto como indicação de vídeo. (Acesse e veja como tirar o máximo do novo layout de canais)
- AdWords para Vídeos é fácil de usar e barato. As empresas ainda não estão anunciando muito no Youtube, o que mantem o custo baixo na concorrência de palavras.
- É uma plataforma monetizada (que não é uma novidade, mas é interessante ao ser comparado com as outras redes sociais). Você pode ganhar dinheiro com o seu canal e re-investir em anúnios (volte para o ponto anterior)
- O apelo para conversão é fantástico. Você tem imagem e som para literalmente fazer a sua venda ou assistir a conversão na página de produto do seu site (volte para o primeiro tópico)
- A busca orgânica do Google tem uma vertical vídeo. O que significa uma BOA porta de visualizações e exposição da marca – caso você tenha um bom SEO para Youtube que consiga te colocar naquele espaço.

SEO para Vídeos no Google

SEO para Vídeos no Google

 

Ok, também tem seus pontos negativos (ou para serem contornados):
- Como quase tudo no Google, é tudo mensurável, mas nada claro e transparente.
- A falta de controle da audiência. Você não tem muita informação dos inscritos do seu canal além do número bruto (há alguns meses eles lançaram um local que você consegue ver o TOP 10 inscritos mais ativos, mas não muda o ponto central dessa negativa). Não sabe quem é e muito menos qual é o email dele para chamá-lo para uma campanha.

Exitem diversos estudos que mostram o impacto dos vídeos no detalhe de produtos para aumento da taxa de conversão. Os grandes varejistas já trabalham com o Youtube como ferramenta de assistência para o site, mas ainda não conseguiram utilizar essa mídia como uma fonte rica de tráfico.

e depois de tudo isso? Pra você, o Youtube não é mais uma opção, é uma obrigação?

2

Google+ e SEO

Google+ e SEO andam de mão dadas (se a equipe de SEO não usa o G+, é melhor dessistir dela antes de desistir do Google+) e aqui vão dois argumentos para mostrar o quanto é importante considera-lo na sua estratégia de SEO.

 

Apesar dos maquiados 190 milhões de usuários ativos, é difícil encontrar conversas entrem os posts recentes quando você clica “sem querem” no botão do Google+ enquanto estava querendo acessar o seu gmail ou agenda (Maquinados porque os usuários ativos do G+ contam com todas as pessoas que usam o Gtalk do Gmail ou do celular – agora chamado de Hangout – para conversar com seus contatos), mas acredito que ainda não é hora de desistir dessa insistente rede.

 

Google+ e SEO

Google+ e SEO

Fatores de rankeamento de SEO

Existe uma discussão o +1 é extremamente influente ou se não tem impacto. Veja estudo completo sobre a influência ( fatores de rankeamento 2013 ) e discussão sobre a não validação desses argumentos https://news.ycombinator.com/item?id=6243451

 

Mas não é só de +1 que vamos falar nesse post. Uma das coisas mais importantes no Google+ é que páginas de empresa, perfis e comunidade tem PageRank, portanto deve ser consideradas como peças importantes para construção de reputação quando se está pensando em uma estratégia de SEO.

Fontes de PageRank no Google+

PageRank Interno

Assim como na sua estratégia de SEO para o site, você também deve considerar os links internos da rede como parte importante para ganhar autoridade.

Sua própria rede de contatos pode ajudar a construir seu PR, porém menções, compartilhamentos e (provavelmente) engajamento com outros usuários deveriam ser a base da sua estratégia. Quando você menciona alguém no Google+ (colocando + mais o nome), está criando um link para o perfil da pessoa.

Dica: Não pense só em ganhar seguidores, como construir a base é importante para gerar autoridade. Crie relacionamentos e troque links com pesssoas que são ativas nessa rede social.

 

PageRank externo

Além da migração de autoridade interna, o Google passa PR para perfis, página e comunidades também por links em páginas externas a rede.

Links direto no texto e autoria são boas formas de se conseguir apontamentos.

Dica: Quando a sua empresa for citada em algum site, peça para que eles incluam também um link para a sua página ou perfil com o intuito de identificar.

 

Dica adicional – Comunidades

Comunidades ativas são ótimos lugares para se conseguir reshare, comentários, +1s, recomendações e usuários ativos. Elas também têm PR e contribuem bastante para aumentar a autoridade na busca.

 

O que você achou desse post? Ele é uma parte do conteúdo que estamos preparando sobre Google+ e SEO, seu benefícios, desafios e táticas.

1

Fan Finder – O Youtube te da uma força para ganhar inscritos

Olá pessoal, tudo bem? Vai uma atualização rápida, mas nem por isso, menos importante. Conheça o Fan Finder!

fan finder

O Youtube lançou recentemente o “Fan Finder”, projeto que vai te ajudar a crescer a base do seu canal através da exposição do seu vídeo trailer para nova pessoas.

A idéia central do Fan Finder é ajuda a você criar seu próprio vídeo TrueView Ad (aquela propaganda que rola antes do vídeo, que da para pular depois de 5seg), de graça! O Google vai usar o algoritmo dele para apresentar esse vídeo para quem deve ser mais propício para recebe-lo e converter a partir de sua visualização (baseado nos seus inscritos, nas pessoas que comentam, vídeos que as pessoas assistem…)

Essas são as 5 dicas do Youtube de como criar o conteúdo da forma mais otimizada:

  1. Mantenha o seu conteúdo Curto (e com muito engajamento)

Lembrem, as pessoas tem a oportunidade de pular a sua propaganda depois de 5seg. Use-os! Esses primeiros 5seg são cruciais para manter as pessoas no vídeo, irem para o seu canal, conhecerem mais sobre você, inscrever…

Dicas dentro da dica:

  1. Direcione a sua mensagem para a sua audiência, facilitando o entendimento de que essa propaganda para elas e não mais alguma coisa generalista;
  2. Se apresente, pois provavelmente as pessoas não te conhecerão;
  3. Mostre o valor do seu conteúdo e o que as pessoas ganharão com ele;
  4. Seja autêntico, engraçado, você mesmo… (aquelas cosias que você lê em qualquer outro posts que fala sobre conteúdo para internet)
  5. Entretenha os Viewers

Simplesmente não jogue o sue conteúdo neles. O vídeo é uma ótima ferramenta para criar conteúdos interessantes. Faça algo que as pessoas gostem de assistir (claro)

  1. Tenha uma mensagem forte

Deixe claro sobre o que é o seu conteúdo. Foque no seu canal, material e no motivo pelo qual eles deveriam se inscrever.

  1. Call-To-Action

Facilite a vida do viewers (e a sua também). Deixe claro e fácil para que a pessoa “comprem” o que você vendeu no vídeo. Um exemplo: “Quer ver mais vídeos como esse? Vá até o meu canal e assista muito mais!”, “Vá até o meu canal e se inscreva!”…

  1. Branding é importante

Deixe a sua marca sempre visível. Pode ser que da próxima vez que ele veja alguma coisa sua, fique mais suscetível a se converter.

As dicas podem ser simples, mas acreditem, muuuitos profissionais não as usam.

O objetivo do post não é necessariamente passar as dicas, mas compartilhar essa oportunidade de FREE ADS. Anúncios na Faixa. Vai lá!

http://www.youtube.com/yt/fanfinder/

 

Alguns exemplos de trailer clip:

http://www.youtube.com/watch?v=nMx7vvmDilA

http://www.youtube.com/watch?v=dtaLYrUeZrM

http://www.youtube.com/watch?v=POG6CMP_Jmc

 

Entre nós, essa é uma estratégia simples para conseguir aumentar a performance dos anúncios TrueView, usados até agora por anunciantes. Assim o CTR da peça vai aumentar, porque consumir conteúdo é bem mais amigável do que consumir uma propaganda (por mais que seja inteligente, tem sempre aquela voz que vende algo) e vai diminuir a quantidade média de “pular anúncio”.

 

O informe Publicitário também tem um canal no Youtube, você ainda não esta inscrito?

Bjo me add http://www.youtube.com/subscription_center?add_user=joaoccsilva

6

SEO para Youtube | Vídeo com 5 dicas

Dicas de SEO

Dicas de SEO

Para quem tem preguiça de acompanhar a apresentação do SlideShare com mais detalhes sobre SEO para Youtube que publiquei outro dia, segue um vídeo com 5 dicas de otimização para vídeos no Youtube.

 

 

Mas para você, que esta lendo no blog, temos dicas adicionais. HEY! (até porque é uma vergonha fazer um post só para subir um vídeo)

 

Há dois caminhos para seguir durante o planejamento de SEO para o seu vídeo. Otimizar para o mecanismo de busca do Youtube ou para o Google.

 

O tempo de visualização de vídeo tem um peso muito grande para ranqueamento no Youtube, portanto para otimizar um vídeo é importante pensar durante o processe de planejamento do conteúdo.

 

Entenda tempo de visualização como não só a quantidade de minutos que as pessoas assistem o seu vídeo, mas também o quanto ele contribui para o tempo geral do usuário dentro do Youtube (assistiram o seu vídeo, clicaram em uma anotação e fora para outro vídeo, assistiram um vídeo relacionado…). Portanto, saber linkar o conteúdo é bem importante, mas não desperdiçar o tempo das pessoas é fundamental. Entenda como manter a atenção das pessoas, não fique de muito bla bla bla ao ponto de fazer com que elas percam o interesse e abandonem o Youtuhe

 

Uma dica importante para entender a retenção do seu público: Dê uma olhada no analytics do Youtube. Você poderá ver (vídeo a vídeo) onde as pessoas abandonam e qual é o comportamento delas.

 

Já se for fazer o SEO para Youtube com foco para o Google e a ampliação de público, a retenção do público não influencia e entenda que as pessoas buscam de maneira diferente no Google do que no Youtube.

 

Faça uma pesquisa de palavra-chave antes de nomear o vídeo, se já tivem muitos vídeos para essa palavra-chave, procure uma relacionada com menos concorrência e deixe para brigar pela outra quando você tiver mais força.

 

O que colocar na descrição?

Outra dica importante na hora de pensar no SEO para Youtube. Além de explorar as keywords e links para site e redes sociais, o início da descrição pode te ajudar. Para fazer esse planejamento é necessário pensar qual é o objetivo da otimização: Alcance ou Retenção.

 

Se for otimizar para alcance, coloque as keywords no ínicio da descrição junto com um calltoaction para levar as pessoas para onde você quer. Assim a palavra-chave buscada aparecerá no título e na descrição do link no Google ou no Youtube.

 

Já se você tiver procurando por retenção do público, o foco será quem já chegou ao seu vídeo. Explore o início da descrição com chamadas para as pessoas se inscrevam ou outras coisas que comunique direto com as pessoas que estão assistindo o vídeo.

 

E você, já fez alguma coisa que trouxe uma boa repercusão para um vídeo? Deixe a sua dica nos comentários.

0

Otimização para SlideShare | Autoria no Google

Principalmente levados pela liderança do Facebook e pela falta de criatividade dos geradores de conteúdo da nossa área, pouco se fala sobre otimização para SlideShare ou outras mídias com perfil social de colaboração.

 

SEO para SlideShare

SEO para SlideShare

Acabei de subir uma apresentação bem objetiva de como fazer para os seus materiais do SlideShare terem mais destaque na busca orgânica do Google.

 

Em resumo, é um passo a passo de como vincular a sua conta do SlideShare ao seu perfil do Google+ e adicionar rich snippets de autoria para os seus documentos. Vale a pena conferir.

 

Como em qualquer artigo sobre SEO, o conteúdo é fundamental para o sucesso da publicação, tanto para densidade de palavras quanto para ser compartilhado e receber links. Isso também se aplica quando olhamos otimização para SEO para SlideShare, Não considere que fazer a parte técnica de tecnoligia vai te salvar, ok?!

 

Então, contando que você já tenha produzindo bons materiais, com imagens mpactantes e todas aquelas dicas úteis contidas em naquelas apresentações “como fazer sucesso no slideshare” (ex.: 7 tips to beautiful powerpoint ), gaste em tempo pensando nas estratégia digital antes de finalmente publicar o seu material.

 

Existem diversas integrações e dicas de otimização para SlideShare que você pode aplicar para dar mais destaque para o seu material, como a integração com o Linkedin ou até o planejamento do material para atingir o melhor do conteúdo para SEO. Para ser mais objetivo, trabalhamos apenas com o how-to de autoria para o conteúdo para não te lotar de informações e bla bla blas, mas se você quiser saber mais dessa ou de outras redes sociais que insistem em serem deixadas de lado, só comentar aqui no post.

 

Gostou do post sobre otimização para SlideShare? O nosso blog tem diversas dicas práticas para ajudar o dia a dia do analista de mídias sociais. Compartilhe esse post e ajude a espalhar  conhecimento!

3

Funil de Conversão Social – Indicadores de Engajamento

Esse é o segundo post sobre funil de conversão social (caso você ainda não viu o primeiro post, acesse e entenda mais como funciona a cadeira de engajamento). 

Simples e direto: O funil de conversão social vai do impacto de marca até a recompra. Até ai, você já sabia, né? Mas se você quiser entender o processo de engajamento de usuário durante o processo de compra, siga o mapa que montamos para simplificar a leitura do funil de converão, separado por cada etapa de engajamento e onde ela acontece.

funil de conversão social

funil de conversão social

A primeira parte do funil acontece na rede social, é o contato que da sua marca fora do seu site/blog. Um exemplo prático: um de seus amigos compartilhou um post interessante de uma página x que você ainda nem sabia que existia, esse será o primeiro contato da página com você, portanto você estará acessando na primeira parte do funil (bem vindo, entre e fique a vontade).

Essa etapa se conclui com o clique do usuário no link que esta direcionado para o seu site.

Pensar que cada post do perfil oficial é um anúnio, facilita o entendimento de todas as pessoas envolvidas, de que o perfil de uma empresa é uma ferramenta de marketing e necessita ter métricas, objetivos, retorno e outros bla, bla, blas. Portanto, nos apropriamos de métricas tradicionais de mídias digitais e utilizamos para visualizar o processo que acontece fora do site. O tradicional CTR (Click Thru Rate) usados nos anúncios para indicar a taxa de cliques por impressão, resume a atividade externa.

(Tudo está conectado. Não veja as métricas isoladas! Um exemplo básico: Se você subir um post falando “Camisetas Grátis” terá um ótimo CTR, porém se os usuários chegarem em seu site e encontrarem em e-commerce de garapas – o suco da cana de açucar-, terá uma péssima conversão pós-click. O equilibrio das métricas é fundamental para a performance do anúncio.)

O que nos leva para a segunda etapa de Funil de Conversão Social.

funil de conversão social etapa no site

Na segunda etapa do funil de conversão social é a parte tradicional de cenversão do site, a mesma que medida por outras mídias.

A diferença estará no comportamento do usuário no site. É interessa lembrar que o usuário proveniente das redes sociais é ativo em redes sociais (comentário bizarro, né? Não deveria ser, as pessoas insistem em esquecer desse princípio básico e não exploram o potencial social desse tráfego, esquecendo que eles são ativos, acham que seu comentário é relevante e compartilham coisas que os interessem ou representem… mas trabalhar engajamento de usuário no site é assunto para um outro post, vamos voltar para conversão)

O Funil de Convesão Social não termina na compra (grande parte das outras origens deveriam tratar esse assunto da mesma maneira, mas como responsáveis pelo canal de comunicação que intermedia a relação das pessoas com a marca, você tem a responsabilidade moral (não tem.. mas seria bom se tivesse) de acompanhar a relação das pessoas).

Ouvimos falar, repetidamente, que as redes sociais também são responsáveis pelo pós-vendas (não vejo muitas empresas trabalhando isso de uma forma ativa, sempre reativo a questionamento levantados/reclamações dos clientes). Se você olhar para o funil de engajamento, verá que esse usuário atingiu um grau de engajamento extremamente elevado (viu, gostou, contou para os amigos, acessou, pensou no assunto e converteu – se for venda, ele chegou até a “tirar dinheiro do bolso”) e esse grau de envolvimento é chave para se criar uma pessoa que possa falar bem de você. Comece pelo básico, faça analogias com o cotidiano. Ex.: Se ele comprou um filme, estimule ele a compartilhar e convidar alguns amigos para uma seção de cinama em casa. (use um banner dinâmico ou um email mkt personalizado e crie engajamento pelo histórico de compra).

Se você conseguir, mapeie as pessoas que foram convertidas por mídias sociais. A seu maior indicador deverá ser: “ter o maior índice de recompra possível”, pois já que você esta em um canal no qual as pessoas escolhem se relacionar com sua marca, estará lidando com as pessoas com mais afinidade

Portanto, vai lá. Da uma olhada no Funiel de Conversão Social da sua marca e começe a identificar como esta a sua performance atual, logo verá onde tem maior fulga do funil e ficará facil para encontrar as soluções.

Se você leu tudo, principalmente se achou que a imagem já falava tudo, parbéns! Você é um heroi. Nem eu consegui reler o que escrevi. Deixe um comentário que iremos honrá-lo.

Antes de ir embora, mas não menos importante. Obrigado ao Anderson Oliveira, design que fez a arte do funil, sem ele a coisa seria feia, veja.

O que você achou desse post? Deixe um comentário dando a sua opnião sobre o assunto.

0

Analytics para Mídias Sociais – Painéis e Relatórios Personalizados

Mais um post da série como usar o Analytics para Mídias Sociais, sempre buscando facilitar o trabalho analítico e trazendo bons insights para o gestor de mídias sociais. Nesse post vamos abordar alguns features do Google Analytics que podem ajudar a ganhar tempo com a parte analitica e como otimizar a ferramenta para te trazer mais insights de campanha, ações ou otimizações.

painéis - analytics para mídias sociais

Painéis
Os Dashboards (paineis, dependendo do idioma do seu Google Analytics) são ótimos para se ter uma leitura rápida do que está acontecendo em seu site. Mesmo sendo um resumo, não considere que essa breve análise não pode mostrar dados profundos. Você tem 10 gráficos ou tabelas para preencher o seu painel, portanto, tente tirar os melhores cruzamentos deles.Origem de visita

Temos dois exemplos de Dashboards para te orientar a montar uma estrutura de informações que te dará os dados importantes para encontrar tendências e controlar alguns números.

- Painel base para Blogs/Site conteúdo
https://www.google.com/analytics/web/permalink?uid=WJkXTQj0RlK_rhlNjI8siQ

- Painel para Análise de Performance do Facebook (voltado para conversão de e-commerce)
https://www.google.com/analytics/web/permalink?uid=v1-4RGuxSQ2gE_tBwdpHHw

Como as suas métricas e indicadores dependem muito dos seus objetivos, você vai precisar adaptar esses exemplos de painéis, principalmente os dados de keywords não institucionais ou todos aqueles que você precisará colocar o nome da sua empresa ou qualquer adaptação.

Analise outras fontes de tráfego
Esse é um assunto que sempre comecei a ver nos painéis, mas devido a complexidade, sempre precisei estudar mais através dos dados padrões do Google Analytics ou usando relatórios personalizados. Já falamos sobre isso no post 6 dicas de como usar analytics para Mídias Sociais (vale a pena dar uma olhada), mas é bom olharmos com calma o que o Google pode trazer de resultado para site e da para tirar bons insigths.

Relatórios personalizados

Analytics para mídias sociais

Analytics para mídias sociais

Os resultados orgânicos podem te mostrar algunas tendências interessantes, por exemplo, o aumento repentino de uma busca de um produto + sua marca, evidênciando um relação interessante para ser explorada como conteúdo.

- Keyword Organicas por Vendas
https://www.google.com/analytics/web/permalink?uid=vucwDtbSSkuORrLkAsur_Q

- Análise de Keyword
https://www.google.com/analytics/web/permalink?type=custom_report&uid=KisQj0PlRYymBJ_7uo0FHg

Uma dia do Lens 10, Devo Investir em Mobile?
https://www.google.com/analytics/web/permalink?type=custom_report&uid=PfVd3KH5RnO0Vj_Eq3fLhg

Dica adicional
Trafego não taggiado
Colocar as tags de origem de visita no link não foi falado nesse post, pois considerado que você está procurando formas de melhorar sua performance com o Google Analytics, é imaginável que você já faça o básico, como colocar as utms de origem nos links que são publicados. (Caso você não saiba o que é isso, o Google te ajuda http://support.google.com/analytics/bin/answer.py?hl=pt&answer=1033867. Qualquer dúvida, só deixar um comentário)
Voltando…
Olhar o tráfegor referral não identificado é uma de encontrar as pessoas que gostam de você e já estão linkando para o seu site, mas ainda não é um parceiro (esse relatório é bem interessante para SEO também, pois da para se otimizar o trabalho de texto ancora, melhorando ainda mais a relevância desse apontamento)

1

Novo Layout Canal Youtube

O Youtube acabou de anunciar o novo layout para os canais, seguindo a linha do Google de tentar unificar o tipo de design para todos os produtos. Na última atualização de layout do youtube já tivemos diversas alterações, mas o design do canal tinha permanecido inalterado. Veja como ficou o novo layout Canal Youtube.

novo layout canal youtube

novo layout canal youtube

Calma, o seu layout (ainda não mudou) esta mudando. Não precisa sair corrento! O Google está mudando alguns grandes canais primeiro e a novidade será passada para frente aos poucos, mas é bom ficarmos preparados para quando chegar a nossa vez. (Atualizado: mas você pode ver se o seu canal já mudou, veja o comentário abaixo)

Alguns canais que já atualizaram para o novo layout de canal DeStorm, EpicMealTime, SORTED, MysteryGuitarMan, LOUD e Geek & Sundry.

Atualizando: A mudança de layout acabou de habilitar para o meu canal pessoal, não posto nele há anos (http://www.youtube.com/joaoccsilva). Acho que o roll-out dos novos canais já está disponível para uma grande quantidade de canais. Acesse www.youtube.com/onechannel

Como criar o novo layout de Canal do Youtube
Uma das novidade (além da mudança estética, claro) é o layout responsivo, o mesmo design é usado em displays diferentes (de mobile até os maiores monitores e as TVs) e isso tem impacto da hora de produzir as artes que irão personalizar o seu canal.

 

modelo de layout de capa para youtube

É recomendado criar uma imagem com 2120 X 1192 px, como apontado na imagem acima. A área “Logo Safe Area” é o espaço mínimo de exposição da capa do seu canal, o que ficará sempre visível em todos os aparelhos -> Obvio, foque as informações importantes nesse espaço.

Nos desktops, a área total é de 2120 X 350 px  , sendo a Logo Safe Area de 1280 X 350 px

Exemplo de canal com o mínimo de largura:

Exemplo de canal com o maximo de largura:
Nas TVs, será utilizada o total da imagem, com ratio 16:9 i.e. 2120 x 1192 px

No mobile, ficará visivel apenas a área de segurança de logo.

Ok… Você já entendeu o que é o Logo Safe Area. Pode deixar, não vou dar mais um exemplo.

Mentira! Vou sim. A iJustine fez um vídeo mostrando os detalhes do novo layout de canal no Youtube e aproveitou para falar também de alguns novos features, que eu não vou comentar muito, pois não tive chance de testá-los. Vale a pena dar uma olhada e ver como funcionará o seu canal.

Bastante bla bla bla, mas vamos a polêmica. O que você achou do layout? Eles conseguiram fazer algo mais clean ou a falta de linhas e boxes deixou ainda mais  bagunçadas as informações?

Eu rodei no mínimo 4 páginas e não tive vontade de clicar em nenhum dos vídeos. Será que estou sendo o tradicionalista rejeitando a novidade ou esse layout esta diminuindo os cliques nos vídeos antigos e playlists?

0

SEO para Youtube | 5 dicas para otimizar vídeos

A segunda maior rede social no Brasil está com um ritmo bem interessante de atualizações e lançamentos de novas ferramentas, layout e outras coisas (já falamos de algumas dessas recentes mudanças no post Youtube | Novo layout, analytics e outras novidades). Neste post vamos ver as principais técnicas de SEO para Youtube.

 

5 Dicas de SEO para Youtube

5 Dicas de SEO para Youtube

Muito tem acontecido, mas ainda não tivemos tempo para falar sobre como podemos trabalhar com o Youtube e tentar alcançar o melhor impacto. Como primeiro passo dessa conversa, vamos falar sobre os principais fatores de ranqueamento para a busca orgânica do Youtube e, por que não, já olhando para a busca principal do Google.

 

Nesse slide vamos ver 5 dicas de otimização de SEO para Youtube e ainda teremos uma dica adicional para ajudar o gestor do canal.

 

É claro que eu não vou fazer um post só para subir o slideshare (quem deixou isso claro? Vou processar esse mentiroso), também teremos uma dica só para quem está vendo o post direto no blog!

 

No dia 12 de outubro, também conhecido como o Dia das Crianças, o Youtube anunciou que estava mudando o algoritmo de ranqueamento orgânico da busca (nesse post do creators) para que o tempo assistido dos vídeos, algo que você já conseguia ver no analytics no Youtube, tivesse influência na posição dos vídeos em um resultado de busca.

 

O que isso significa na prática? Quanto mais tempo o vídeo é assistido, mais autoridade. Prestou atenção? Não é uma relação de qual vídeo é mais visto até o final, mas sim o número bruto de minutos que aquele vídeo foi visto. Ex.: Você precisa que um vídeo de 3 mim seja visto 3 vezes inteiras para dar o mesmo resultado que o assistir um vídeo de 18 mim até a metade. (dar o mesmo resultado para esse fator de ranqueamento, existem vários outros fatores que podem diferenciar os vídeos. Você ainda não viu a apresentação acima?)

 

Aqui vai uma pequena descrição do que você vai ver nessa apresentação sobre otimização para Youtube:

- Quais são os fatores de Ranqueamento no Youtube

Título – Tempo de visualização – Descrição – Favoritos – Tags – Inscritos – Views & Frequência – Idade do video – Likes, dislikes – Video Respostas – Adições em Playlist – Autoridade do canal – Tempo de visualização – Embeds & inbound links – Flagging – YouTube Partner Program – Shares – Close Captioning/transcriptions

- Informações básicas para upload de vídeo:

Títulos são importantes!
Maximize a descrição do seu vídeo
Faça um estudo das principais keywords.
Playlists aumentam suas chances de ser encontrado.

- Espalhe o seu conteúdo.

- Engaje com a comunidade.

- Legendas – Closed Captions.

Por que elas são tão importantes e como tirar o melhor proveitos das CCs

- O que pensar na hora de produzir o seu conteúdo.

- Checklist do gestor do Canal.

 

Esses são os primeiros passos para quem está pensando em levar mais a sério o canal no Youtube. Acho que não precisa falar que o trabalho de otimização é constante, né? Esse tipo de coisa você pode ler em qualquer outro blog de mídias sociais.

 

Agora é só começar a otimizar seus vídeos e está pronto para vida.