Asfalto chega pela 1ª vez na comunidade Água Branca e saúde avança com protocolo de reabilitação de crianças – É trabalho da Prefeitura

Por Prefeitura de Manaus – 28, maio, 2024

O trabalho da Prefeitura de Manaus não para. Próxima de completar a marca de 1 mil dias de gestão, a administração municipal contabiliza avanços em diversos setores, mudando para melhor a vida de quem mais precisa, como os moradores da Comunidade Água Branca 1, onde o asfalto está chegando pela primeira vez.

São 57 anos de espera para quem mora na comunidade, após décadas de buraco e lama. O que era sonho, agora está virando realidade. Máquinas e servidores da Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf) trabalham na recuperação de 10 quilômetros do ramal, localizado no Km 32 da AM-010 (estrada que liga Manaus a Itacoatiara).

Esta é a primeira etapa de um trabalho que visa à recuperação total do ramal. As obras da prefeitura vão melhorar o escoamento de produtos agrícolas, fomentando a produção familiar na zona rural da capital, impulsionando o desenvolvimento e a economia local.

São mais de 1 mil famílias, que dependem financeiramente do cultivo e venda do pimentão, cheiro-verde, cebolinha, tomate, laranja, limão e do mamão.

Melhoria também no deslocamento das crianças que estudam no ramal, que muitas vezes tinham dificuldades de chegar à escola municipal Joana Vieira pela lama e poeira no percurso.

O trabalho está mudando realidades.

É Manaus que cresce e todo dia muda.

Na Saúde, a Prefeitura está inovando com o trabalho realizado no Centro Especializado em Reabilitação Física e Intelectual (CER II) Prof. Rolls Gracie. O protocolo do PediaSuit atua com habilidades para auxiliar no desenvolvimento neuropsicomotor de crianças – um trabalho empregado na reabilitação de crianças acima de 2 anos de idade, 9 kg, e atraso no desenvolvimento neuropsicomotor.

Para se ter uma ideia de como este trabalho está mudando realidades, desde que foi implantado na rede municipal, em novembro de 2022, o método já contabiliza mais de 1.200 atendimentos.

No espaço, são realizadas ainda consultas médicas em fisiatria (trata doenças variadas, que podem causar incapacitação) e psiquiatria, fisioterapia neurológica para adultos e crianças, fisioterapia cardiorrespiratória, ortopédica e geral, atendimento psicológico a pacientes e familiares, terapia ocupacional, além de atendimento em fonoaudiologia, acolhimento e enfermagem.

É trabalho da prefeitura, que segue avançando e mudando a vida de todos.