Julho Amarelo: Viva sem hepatite

Por Prefeitura de Manaus – 16, julho, 2024

    As hepatites virais são infecções silenciosas que podem causar câncer de fígado, cirrose e levar à morte se não tratadas adequadamente. Este ano, Manaus já registrou 136 casos de hepatites virais, sendo 76 do tipo B, 46 do tipo C e 11 do tipo D.

    Para conscientizar a população sobre a importância da prevenção e cuidados com as hepatites, foi instituída no Brasil a campanha Julho Amarelo, reforçando a vigilância e controle das hepatites virais.

    Mas você sabe o que é hepatite?

    Trata-se de uma inflamação do fígado que pode ser causada por vírus ou pelo uso de alguns medicamentos, álcool e outras drogas, assim como por doenças autoimunes, metabólicas ou genéticas. As hepatites virais, que são o objeto da campanha Julho Amarelo, são infecções causadas por vírus, sendo que os mais comuns na nossa região são os vírus A, B, C e D (Delta).

    O vírus A pode ser transmitido por água e alimentos contaminados e os demais, por relação sexual desprotegida e pelo compartilhamento de seringas, escova de dente, lâmina de barbear, alicate de unha e outros objetos perfurocortantes.

    Nem sempre a infecção apresenta sintomas, mas quando aparecem, podem se manifestar como cansaço, febre, mal-estar, tontura, enjoo, vômitos, dor abdominal, pele e olhos amarelados, urina escura e fezes claras.

    Com a campanha neste mês de julho, a Prefeitura de Manaus está reforçando ações de educação em saúde, testagem rápida para os tipos B e C, vacinação contra a hepatite B (que também protege contra o tipo D) e vacinação infantil contra as hepatites A e B.

    A população também tem disponível nas unidades da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) preservativos e testes rápidos.

    Grávidas exigem atenção, pois as hepatites virais podem ser transmitidas da gestante para o bebê durante a gravidez e o parto. Por isso, a importância do teste também no pré-natal.

    Confira que medidas você pode tomar para evitar as hepatites:

    ✓ Ingerir água limpa;

    ✓ Lavar as mãos após ir ao banheiro e antes de comer;

    ✓ Lavar e cozinhar bem os alimentos antes do consumo;

    ✓ Tomar cuidado no manuseio de instrumentos cortantes;

    ✓ Adotar instrumentos pessoais de beleza, como alicate de unha, tesourinha e lâminas de depilação;

    ✓ Usar preservativo em todas as relações sexuais;

    ✓ Utilizar somente agulhas e seringas descartáveis.

    Estes cuidados são essenciais e podem fazer parte da rotina de cada um. Não dê chance para a hepatite. Procure uma Unidade Básica de Saúde (UBS) e faça o teste rápido. Diagnosticar precocemente evita complicações.