Complexo Mirante Lúcia Almeida e Asfalta Manaus 

Por Prefeitura de Manaus – 20, junho, 2024 – Conteúdo de responsabilidade do anunciante


Fomento ao turismo e à qualidade de vida

Falta pouco para Manaus ganhar um amplo e diferenciado espaço de lazer e de fomento ao turismo, e que certamente já nascerá como importante cartão postal da capital amazonense. Trata-se do Complexo Mirante Lúcia Almeida, às margens do Rio Negro, no Centro histórico da cidade, e que compreende ainda o Casarão Thiago de Mello e o Largo de São Vicente, este com mais de 2 mil metros quadrados.

As obras estão em fase final e o conjunto, que ainda prevê um píer, a ser entregue nos meses seguintes, será inaugurado pela administração municipal no próximo mês de fevereiro.

O Mirante está sendo construído em um prédio que estava abandonado, sede da extinta Companhia Energética do Amazonas (Ceam); o Casarão, que homenageia o poeta amazonense de renome internacional, também resgata um prédio histórico, esse bem mais antigo, do período do Ciclo da Borracha; e ambos têm como missão ampliar a política da Prefeitura de Manaus de resgate dessa área emblemática da cidade, por intermédio do Programa Nosso centro.

No antigo prédio onde hoje ganha contornos finais o Mirante Lúcia Almeida, os trabalhos se concentram na instalação de forro de madeira, corrimão de escada metálica, conclusão da instalação dos vidros da fachada, além da infraestrutura da laje da varanda, de frente pata o Rio Negro. No entorno, operários trabalham nos assentamentos da sarjeta de pedra São Thomé.

Já no Casarão Thiago de Mello, finalização da pintura das paredes internas, instalação de ferragens e luminárias e aplicação de rejuntes. Quando concluído, em poucas semanas, o lugar abrigará acervo do próprio poeta.

Esse complexo se somará a outras grandes intervenções que a atual gestão municipal concluiu ou está com obras em andamento. Eles ampliam os espaços de convivência da cidade, equipamentos urbanos que também ampliam o apelo de Manaus como um dos principais destinos turísticos da Amazônia.

Em primeiro de maio de 2023, a Prefeitura entregou mais um atrativo no Complexo Turístico da Ponta Negra: o espaço Casa de Praia Zezinho Corrêa, que estava abandonado há anos. Desde então, o local abriga atividades culturais, com amplos espaços de lazer, gastronomia e também voltados à economia criativa.

Já em outubro, também do ano passado, no aniversário da capital amazonense, a Prefeitura inaugurou a primeira etapa do Parque Municipal Amazonino Mendes, um dos maiores parques lineares do País, localizado entre as zonas Norte e Leste de Manaus. A segunda etapa, com esculturas gigantes de animais amazônicos, como jacarés, será concluída e entregue para o uso da população ainda neste primeiro semestre.

Também em obras, mais um parque, o Rosa Almeida, que será na prática um privilegiado lugar para se apreciar o conhecido internacionalmente Encontro das Águas, dos rios Negro e Solimões. Neste caso, a obra tem previsão de ser concluída no final deste ano.

É Trabalho da Prefeitura

E como em cidade que quer ser turística não pode faltar investimento para ampliar e melhorar a mobilidade, o Programa Asfalta Manaus continua acelerado. Com mais de 2 mil ruas já recapeadas, agora as máquinas, nessa parceria com o Governo do Estado, chegam a novas ruas, nos bairros Manoa, zona Norte, e Alvorada, na zona Centro-Oeste.

Com ruas bem pavimentadas, “lisinhas”, como muitos carinhosamente chamam, tudo fica melhor: o trânsito, o transporte público, o acesso do serviço de saúde de emergência. Ruas asfaltadas significam mais dignidade, mobilidade, garantia do direito de ir e vir do cidadão.

Para este novo ano, pelo menos mais 2 mil ruas serão completamente revitalizadas, nos mais diferentes bairros e zonas geográficas da capital do Estado. Asfalto de qualidade que alegra a todos, a população, o comerciante, o motorista. Mobilidade é base para o desenvolvimento, com qualidade de vida. Esse é o compromisso da Prefeitura de Manaus.